Receba as novidades do setor

Seu nome

Seu e-mail

Socicana e Sindicato Rural de Guariba promovem curso de aplicação de agrotóxico

“Aplicação de Agrotóxicos com Pulverizadores em Barra”: este foi o curso ministrado para produtores e colaboradores das propriedades rurais, em três dias (5, 6 e 7 de dezembro), pelo Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar). O curso foi viabilizado pela parceria entre a Socicana e o Sindicato Rural de Guariba e foi realizado nas instalações do Sindicato.

Entre os temas repassados pelo instrutor Natal Magalhães Viana, estiveram a redução de desperdício de produto, melhor aproveitamento e condições da aplicação e, acima de tudo, exigências legais na aplicação.

“É muito importante o produtor e seu funcionário conhecerem a NR 31 e a NR6, que são normas regulamentadoras que tratam de cuidados com agrotóxicos e segurança no trabalho. Estas normas são exigidas pelo Ministério do Trabalho e Emprego, ou seja, o curso é uma exigência do TEM”, comentou o instrutor do Senar.

Natal lembra que o curso traz à tona a parte agrícola, técnica e jurídica. Por isso, a importância da aprovação das pessoas que participaram. “Tivemos a parte teórica e a prática e, para finalizar, temos uma avaliação na qual é necessário obter 85% de aproveitamento. Caso contrário, o participante não recebe o certificado”, disse, referindo-se às 24 horas de aula do curso. Segundo o instrutor do Senar, as certificadoras exigem o curso por questões legais e aspectos relacionados à sustentabilidade.

As aulas teóricas foram ministradas na sede do Sindicato Rural de Guariba, e a aula prática aconteceu em uma área ao lado da Fundição Baldan. Os participantes, entre colaboradores de várias propriedades e produtores, gostaram do aprendizado e declararam que muita informação foi novidade. “Eu já havia feito este curso há alguns anos, mas a lei muda, e é importante estarmos atualizados. Aprendi muita coisa nova”, comentou José Erivaldo, colaborador do produtor Paulo Rodrigues.

João Antônio de Moura e Roberto Fernandes da Silva, colaboradores do produtor Mário Willian Lemos, também já haviam feito um curso similar, mas destacaram a necessidade de atualização. “As leis sempre mudam, precisamos aprender o que mudou”, disse Roberto. “Esta reciclagem é muito importante para nos manter atualizados”, reforçou João Antônio.

O produtor Cláudio Malzoni Filho fez o curso pela primeira vez e achou muito interessantes as informações passadas. “As normas de segurança e utilização de EPI (Equipamento de Proteção Individual) devem ter a devida importância exigida pela lei. Achei o curso muito interessante. Os organizadores estão de parabéns”, resumiu Cláudio.