Receba as novidades do setor

Seu nome

Seu e-mail

Socicana apresenta mais resultados do programa Top Cana

A Socicana realizou, no dia 10 de maio, mais um encontro para premiação do programa Top Cana. Foram premiadas 21 propriedades, reconhecidas por seus proprietários implementarem ações que priorizam a sustentabilidade. No evento, que reuniu produtores, representantes de usinas parceiras, Orplana, Solidaridad e Socicana, foram apresentados os resultados da iniciativa, iniciada em 2016.

O encontro começou com a apresentação geral do presidente da Socicana, Bruno Rangel Geraldo Martins, que lembrou o percurso da iniciativa e os motivos que levaram a Associação a implementá-la, destacando que a Socicana coloca na sua missão as palavras “desenvolvimento sustentável” como um preceito para mudar as práticas agrícolas.

“Finalizamos mais uma parte de um projeto de extrema importância para os produtores, que estão desenvolvendo a cultura da cana-de-açúcar em suas propriedades, baseados nos três pilares da sustentabilidade: financeiro, ambiental e social”, afirmou Bruno Rangel, destacando a parceria com o Muda Cana da Orplana, que, segundo ele, vai permitir a adesão de mais produtores, independentemente de seu tamanho.

Celso Albano de Carvalho, superintendente da Orplana, entidade que engloba 33 associações, com 17 mil produtores, falou sobre as novas configurações dos projetos de sustentabilidade. “Se não nos permitirmos mudar, não poderemos cobrar no futuro o resultado das mudanças”, salientou.

Aline Silva, da Solidariedad, parabenizou os produtores que participaram do programa Top Cana e lembrou como tem sido bem sucedida a parceria com a Socicana desde 2011, com o projeto Horizonte Rural. “Nós queremos dar subsídios para que o produtor tenha uma lavoura sustentável e, ao mesmo tempo, incremente sua produtividade. E graças aos esforços que foram empreendidos até agora, os resultados só têm mostrado que estamos no caminho certo”, avaliou Aline.

O que é o Top Cana

A proposta do Top Cana sempre é identificar as atividades que o produtor já realiza na propriedade e que estejam dentro de critérios sustentáveis. Em seguida, orientar para que os demais processos também estejam alinhados nestes critérios. Muitos produtores atuam no conceito de boas práticas agrícolas, mas não documentam estas ações, o que é fundamental. As práticas sustentáveis envolvem ainda uma boa gestão financeira. Isso significa que, ao fazer parte do programa, o produtor esta mais atento para a organização dos custos e consegue identificar em quais setores pode utilizar melhor seus insumos, até mesmo promovendo economia de recursos.