Receba as novidades do setor

Seu nome

Seu e-mail

Produtores voltam à sala de aula para Oficina sobre Gestão de Custos Parceria Socicana e Unesp de Jaboticabal

produtores

A Socicana, em parceria com a Unesp de Jaboticabal, promoveu  nos dias 20 e 27 de julho e 10 de agosto a Oficina Gestão de Custos na Empresa Rural. Esta primeira etapa trouxe o conteúdo da Oficina Básica, que será complementada em setembro, com a Oficina Intermediária e, em outubro, com a Oficina Avançada. O objetivo da Associação é promover total respaldo ao produtor para que possa controlar os custos e identificar a viabilidade de cada cultura, ao avaliar seus investimentos.

produtores-1

As oficinas contam com aulas teóricas, no Auditório da Socicana, e aulas práticas, no  Laboratório de Informática da Unesp. O Prof. Dr. David Lopes, do Departamento de Economia Rural da Unesp, comentou que a oficina superou as expectativas. “Os participantes usaram a planilha que foi desenvolvida e também os conceitos. Estão em condições para controlar e entender os custos de sua propriedade”, afirmou.

A gestão dos custos é fundamental na propriedade. Entretanto, o professor comenta que a falta de documentação e registro nesta área atinge diversos segmentos. “Controlar custos é um problema cultural do Brasil. Há muita dificuldade em entender e registrar os gastos, desde a pessoa física até a pessoa jurídica. Hoje, você tem um nível de exigência e competitividade muito grande. Quem não tem esse tipo de controle vai ter problemas em continuar na atividade. Só através de qualificação, educação financeira e com uma série de outras ações nesse sentido é que vamos conseguir mudar esta realidade”, concluiu.

professores

Quem assistiu às aulas já está vendo resultado.  Este é o caso de Sônia Bracialli. “Desde que estamos na área agrícola, temos procurado crescer, nos desenvolver. A assessoria da Socicana veio atender exatamente ao que  estávamos procurando. Já fiz buscas em outras empresas e nunca atingiu o esperado. Ou [o conteúdo] é muito sofisticado ou não é direcionado. A Oficina está sendo essencialmente direcionada a plantadores d e cana, pequenos agricultores e, para nós, está servindo para todo o ciclo.  Está sendo feita em etapas e numa linguagem bem clara. Já estamos aplicando.”

O produtor Eduardo José Ramalho também vê benefícios. “Hoje, temos que enxergar  a propriedade agrícola como se fosse uma indústria. No segmento em que nós estamos e pelas dificuldades do país, temos que analisar tudo para ver onde podemos economizar, onde falta priorizar. E onde estiver bom, tentar melhor ainda mais. Nós já fizemos o levantamento de julho de 2015 a junho de 2016. Colocamos todos os gastos e receitas para ver o que realmente está compensando na propriedade. É muito importante.”

O professor David explica que até o momento, os participantes fizeram a análise e usaram ferramentas para o controle de custos. Em setembro, será feita uma análise da necessidade de capital de giro e um aprofundamento nos custos para a tomada de decisão em cada cultura. E, no mês de outubro, será fechada a análise de investimento, considerando os bens, os ativos e estrutura de financiamento que o produtor utiliza. Dessa forma, ele possa ter uma visão efetiva da viabilidade econômica que cada produção tem para a propriedade e para a família.

Mais informações: (16) 3251-9270 Socicana

  • Oficina Intermediária – 14 e 21 de setembro
  • Oficina Avançada – 20 e 27 de outubro