Receba as novidades do setor

Seu nome

Seu e-mail

Encontro entre Orplana e Socicana discute as estratégias para os próximos dez anos

Entre os temas, a apresentação do novo planejamento da Orplana e o andamento das discussões no Consecana

orplana-socicana

A Socicana e a Orplana (Organização de Plantadores de Cana da Região Centro-Sul do Brasil) realizaram, na última segunda-feira, 14 de setembro, um encontro junto aos associados, em Guariba-SP, para discutir os novos rumos da maior entidade representativa da classe produtora de cana do país.

Dentre os temas discutidos, estiveram a apresentação do projeto de reestruturação da Orplana e o novo planejamento estratégico para os próximos dez anos, contemplando: o modelo de organização da produção de cana para a sustentabilidade do setor; estratégias para o diálogo com órgãos públicos, privados e sociedade, no Brasil e exterior; e avanços no sistema de precificação Consecana (Conselho de Produtores de Cana-de-Açúcar, Açúcar e Álcool do Estado de São Paulo).

Diante de uma crise intensificada nas últimas safras, a fala dos associados presentes, por unanimidade, priorizou os avanços no modelo Consecana que, atualmente, está muito aquém de promover sustentabilidade ao produtor. Muitos até, com perdas significativas em sua remuneração ao longo dos últimos sete anos.

“Garantir um futuro seguro e rentável para os produtores de cana-de-açúcar, buscando excelência na produção agrícola e coordenação da cadeia sucroenergética”: esta é a missão da Orplana, dentro do novo planejamento estratégico. “O primeiro ponto que iremos trabalhar é estruturar e adotar um sistema de governança corporativa. Vamos capacitar tecnicamente os profissionais que fazem parte das associações, para que tenham mais segurança na sua própria gestão, assistências técnica e social. Vamos criar um grupo, uma rede de relacionamento corporativo para temas comuns entre as associações, avaliando a realidade de cada uma”, explicou o novo superintendente da Orplana, agrônomo Celso Albano de Carvalho. A contratação do gestor ocorreu em março deste ano e faz parte do processo de profissionalização da entidade.

A nova sede da Orplana está mudando de Piracicaba – SP para Ribeirão Preto – SP, próxima aos escritórios da Abag/RP (Associação Brasileira de Agronegócio da Região de Ribeirão Preto) e Ibisa (Instituto Brasileiro para Inovação e Sustentabilidade no Agronegócio), o que facilitará a articulação entre as entidades, além de integrar as regiões onde a Orplana está inserida. Só em São Paulo, são 25 associações filiadas.

“Esta reunião é de grande relevância para nós da Socicana. A vinda de um executivo da Orplana é importante para que ele ouça, dos produtores, a real situação regional. E que, a partir disso, ele possa levar elementos para o Conselho da Orplana, para que nossas reivindicações e ideias auxiliem nas estratégias que a entidade irá desenvolver nos próximos anos”, destacou o presidente da Socicana, Bruno Rangel Geraldo Martins.

Orplana

Fundada em 1976, a Orplana contempla hoje 33 associações, reunindo aproximadamente 16 mil produtores de cana (80% dos quais, produtores independentes), que foram responsáveis, em 2014, por uma produção superior a 63 milhões de toneladas de matéria-prima. Sua área de ação abrange os estados de São Paulo, Minas Gerais, Goiás, Mato Grosso e Mato Grosso do Sul.

O objetivo para os próximos anos, após a implantação total do planejamento estratégico, é que todas as associações de produtores de cana sejam filiadas à Orplana, reunindo mais de 19 mil produtores, o que representa aproximadamente 95% dos produtores independentes no setor canavieiro.