Receba as novidades do setor

Seu nome

Seu e-mail

Dia Mundial da Água

Fórum debate preservação de um dos recursos naturais mais importantes para a vida

Preservar o verde para conservar o azul. Cuidar do azul para manter o verde. Água e agricultura andam de mãos dadas. Porém, não somente para a agricultura a água é essencial. Ela é fundamental para a vida, e seu valor já foi descrito em músicas, filmes e poemas. O cuidado com as nascentes e com programas de reflorestamento está diretamente ligado à necessidade de preservação deste recurso natural, lembrado internacionalmente no dia 22 de março.

Durante esta semana, o 8º Fórum Mundial da Água (FMA) está debatendo ações e políticas que podem preservar e garantir acesso a este recurso precioso à vida, no presente e no futuro, em todo o planeta. A oitava edição do FMA está sendo realizada, pela primeira vez, no hemisfério Sul, em Brasília. Os debates, painéis e reuniões envolvem países, governos, grandes corporações, especialistas, cientistas, comunidades, consumidores e cidadãos. De segunda-feira, dia 19, até sexta-feira, dia 23, uma programação rica, educativa e diversificada está sendo oferecida por escolas, organizações não governamentais, projetos da iniciativa privada e do setor público no FMA. O objetivo é parar para debater ações sobre muitos aspectos que envolvem os recursos hídricos.

O Dia Mundial da Água, 22 de março, foi instituído pela Organização das Nações Unidas (ONU), em 1992. É uma data que gera muita reflexão. Por mais que se propague a importância deste recurso natural, ainda se percebe uma necessidade de conscientização sobre seu uso e, pelo visto, 2018 será um ano em que esta consciência será extremante necessária.

Ao menos até o fim de fevereiro, a chuva esteve abaixo do normal, e apesar de ainda não haver avisos sobre racionamento, a população deve ficar atenta. Entre 2014 e 2016, houve um período histórico de crise hídrica no estado de São Paulo, o que reforçou ainda mais a ideia de que o Brasil, país de imensos rios e afluentes, constantemente sofre com secas em diversas regiões. A pergunta que não quer calar é “será que a crise hídrica ensinou algo à população?”, ou seja, o uso racional da água já é uma realidade?

Infelizmente, segundo a Unesco, ainda é preciso muita conscientização.

A ONU concorda. Confira os dados divulgados:

. A cada minuto, sete pessoas morrem no planeta por ingerir água insalubre.

. Cerca de 11% da população mundial ainda consomem água retirada diretamente de leitos de rios.

. Diariamente, precisamos de 20 a 50 litros de água para atendermos nossas necessidades básicas.

. Crianças nascidas em países industrializados tendem a utilizar 30 a 50 vezes mais água que as de países de terceiro mundo.

. Em pleno século XXI ainda existem um bilhão de pessoas que não têm acesso à água potável no planeta.

. 70% da superfície terrestre é coberta por água, porém, apenas 1% deste total é potável.

. 12% do reservatório mundial de água superficial doce do mundo está no Brasil.

. A cada mil litros de água utilizados, 10 mil litros são poluídos em rios e nascentes.

Departamento Jurídico da Socicana
Elaine Ap. Maduro Costa – Advogada