Receba as novidades do setor

Seu nome

Seu e-mail

Boas práticas agrícolas

Impactos positivos na produção e nas finanças

O sucesso na gestão da propriedade rural vai muito além de um bom resultado obtido na colheita. É um conjunto de fatores, que os colaboradores devem estar dispostos a seguir.  Cada propriedade tem suas características específicas, e o que funciona para uma, pode não funcionar para outra. Porém, uma coisa é fato: propriedades que utilizam as boas práticas agrícolas podem ter maior produtividade e eficiência, tanto na gestão quanto no trabalho em campo.

Segundo o engenheiro agrônomo e técnico em Sustentabilidade da Socicana, Renato Fernandes Machado, “as boas práticas em uma propriedade rural podem ser definidas como a adoção de um conjunto de técnicas, que visa o alcance de um objetivo comum, que é a redução de impactos e riscos à saúde humana, ao meio ambiente e o aumento da produtividade, buscando sempre, uma melhor rentabilidade ao produtor rural”, afirma o especialista.

O conjunto de técnicas pode ser dividido por setores: gestão financeira da propriedade rural; meio ambiente; organização do trabalho; adequação das instalações; dimensionamento correto de máquinas, equipamentos e infraestrutura; limpeza e organização; além do manejo agronômico, que envolve o controle de plantas daninhas, manejo integrado de pragas, do solo, tecnologia de aplicação e gestão da água.

Para Machado, a adoção das boas práticas pode resultar em vantagens estratégicas para o produtor. “Podemos dividir em dois grandes benefícios: rentabilidade e gestão de riscos. A rentabilidade gera uma otimização e melhora o uso de insumos, podendo levar à redução de custos da lavoura e a um controle financeiro mais eficiente. Na gestão de risco, a partir do momento em que você adota as boas práticas agrícolas, reduz riscos ambientais, de saúde humana, operacionais, entre outros”, conclui o técnico da Socicana.

Como funciona a adoção das boas práticas no dia a dia?

  • Em termos gerenciais, as boas práticas melhoram o controle financeiro, com previsibilidade de gastos, gerenciamento de estoques e identificação de dados que ajudam nas negociações da produção • Em termos ambientais, ajudam na adequação e no monitoramento correto e eficiente, proporcionando a mitigação de passivos ambientais, que poderiam surgir na propriedade • No âmbito do trabalho e nas instalações da propriedade rural, podem reduzir passivos trabalhistas e acidentes de trabalho, fornecendo ao colaborador um ambiente mais seguro para realizar suas atividades • No manejo agronômico, podem contribuir com a conservação do solo, uso adequado e eficiente de insumos (corretivos, fertilizantes e defensivos), qualidade de plantio e medição de perdas na colheita, orientando o produtor para realizar os processos da melhor forma.


A Socicana oferece todo o suporte para a adoção das boas práticas.
Projetos e Sustentabilidade Fone: (16) 3251-9299.